Rejuvenescimento das mãos


As mãos, como a face, são áreas muito expostas aos fatores ambientais e por isso sofrem inevitavelmente um envelhecimento evidente. Com o passar dos anos o tecido subcutâneo diminui de espessura, deixando um aspecto “emagrecido”, em que se tornam visíveis os tendões e as veias. Ao mesmo tempo, a diminuição do colágeno leva a menor hidratação e surgem rugas, dando aparência seca e áspera à pele.

O principal tratamento para o rejuvenescimento das mãos atualmente é o enxerto de gordura da própria pessoa (lipoenxertia), que devolve o volume perdido ao tecido subcutâneo e traz células tronco capazes de promover uma melhora na textura da pele. A gordura utilizada é retirada de áreas com excesso de gordura (como abdome ou culotes) e tratada para ser enxertada nas mãos. Existem ainda tratamentos com lasers e cremes para remoção de manchas cutâneas, e preenchedores de ácido hialurônico que podem ser utilizados para dar volume, mas não são definitivos.

Cada caso de rejuvenescimento de mão é diferente e pode envolver mais de uma única técnica. É essencial discutir com o cirurgião plástico as opções de tratamento e qual o melhor para o seu caso.